Como pensar a estratégia digital da sua empresa

Como pensar a estratégia digital da sua empresa

Estratégia
25/09/2019

Quando falamos em estratégia digital, temos que pensar em vários pontos. Como: objetivo, público alvo, canais, produção…

Mas antes de tudo isso, o consumidor deve ser o primeiro ponto de cada estratégia digital. Afinal, como você já deve estar cansado de ouvir, o cliente tem sempre razão.

É com base nisso que precisamos entender de que formas as pessoas vão interagir com cada ação da estratégia digital pensada e em execução.

A comunicação digital transformou o mundo e a forma com a qual as pessoas se relacionam com a publicidade. Podemos perceber isso com a pesquisa da Ebit, que mostra que mais de um terço das compras online estão sendo feitas via mobile. Sendo assim, as empresas precisam conseguir se adaptar a este novo cenário.

Pensando nisso, este conteúdo foi preparado para falar um pouco sobre isso. Os novos caminhos da comunicação, a interação tão desejada entre marcas e pessoas e o papel do cliente dentro de cada estratégia digital. Vamos lá, espero que você curta!

A nova comunicação: digital ou não.

Com a convergência dos meios de comunicação, onde cada vez mais temos acesso a tudo que precisamos na palma da mão, as empresas tiveram que se moldar a este novo formato.

O consumidor não é mais um elemento passivo na frente de uma mídia, ouvindo e aceitando tudo que é mostrado.

Os novos consumidores estão mais críticos, mais pesquisadores e principalmente, mais decididos de tudo que eles querem e precisam para suas vidas. Segundo a pesquisa Retrospectiva & Perspectiva 2017, no Brasil 81% da audiência usa 2 telas ao mesmo tempo (TV + PC ou mobile)

Ao mesmo tempo em que o acesso à informação trouxe mais oportunidades de compras para as pessoas, que hoje podem ver, buscar e consumir somente o que desejam. Trouxe também, um grande dilema para as empresas de comunicação e afins. Como ser relevante em um ambiente cheio de mensagens sendo lançadas a cada segundo nos mais diferentes meios?

Segundo o livro A conquista da atenção, estima-se que em grandes cidades, como São Paulo e Nova Iorque, cada pessoa recebe cerca de 4.500 mensagens publicitárias por dia.

Sendo assim, vivemos numa sociedade hiperestimulada e que, por razões óbvias, as pessoas não prestam atenção e nem se lembram de muitas mensagens publicitárias. 

Qual foi o primeiro comercial que você viu hoje?

Provavelmente você não se lembra, ou se lembrar, tenho certeza que essa mensagem, não foi a primeira que você viu.

As mensagens que mais nos marcam são aquelas que tocam num ponto específico, com um propósito muito claro e com uma possibilidade de interação muito alta.

Nos novos moldes da comunicação, mais do que comunicar, as empresas precisam ser vistas, lembradas e relevantes.

Isso deve fazer parte de toda a estratégia digital, fazendo duas perguntas básicas. Isso é relevante para o meu público? Meu público vai querer interagir com isso?

Estratégia digital para gerar interações

Ao falar de interações, não estamos falando apenas em fazer posts em redes sociais e conseguir muitos cliques e curtidas como já falamos aqui no blog neste post.

Interação é fazer com que as pessoas se conectem com a sua mensagem e seu propósito. Como você faz as pessoas se reconhecerem nas mensagens produzidas pela sua estratégia digital?

Também já falamos aqui, o motivo de o Nubank ter fãs, não só clientes. E um dos motivos é o fato de que o próprio Nubank pensa cada estratégia, digital ou não, de comunicação. Transmitir seu propósito, que é de facilitar a vida das pessoas.

Junto disso, uma estratégia digital do Nubank, é a forma de se comunicar com os clientes. As pessoas têm vontade de interagir pelo fato de se sentir representado pela marca.

Já falamos isso e, sempre que possível, falamos que as pessoas adoram comprar, mas odeiam perceber que alguém está vendendo para elas.

A comunicação deve ser feita de pessoas para pessoas. Por isso, a definição da brand persona é tão importante. Existem muitas marcas comunicando muitas mensagens, para pessoas com muito acesso às informações.

Interação é participação, criação e alteração dos rumos da marca. As pessoas não são mais clientes. São produtores de conteúdos em potencial para as marcas e podem/devem fazer parte de sua estratégia digital.

Isso devido à percepção de que o cliente passou a atuar como agente ativo e não meramente passivo.

A Heinz pensou em uma forma de convergir o ambiente digital com o offline. Dessa forma, fez as pessoas interagirem com a marca e com as mensagens.

Dessa forma, além de gerar interesse das pessoas na marca, a interação criou uma experiência para o usuário, algo que fica marcado.

O consumidor como parte da estratégia digital

Como já foi falado acima, o consumidor atual, trabalha como um produtor de conteúdo para as marcas. Isso, de maneira pessoal, sem que as marcas tenham necessidade de pedir ou pagar por isso.

Quem nunca leu um post de um amigo falando bem ou mal de uma marca? Ou, até mesmo, quem nunca fez uma publicação para falar sobre alguma experiência com determinada empresa?

Isso tudo é conteúdo é ponto de contato que as pessoas criam com as marcas. Por isso, cada vez mais, as empresas precisam estar atentas no que os seus clientes e potenciais consumidores têm a falar.

Esse é um dos primeiros pontos de cada estratégia digital. Falar sobre o que as pessoas querem saber. Assim, fica muito mais fácil ser assertivo na sua forma de se comunicar.

Prestar atenção nos consumidores, também significa ficar atento em todas as menções que as pessoas fazem sobre você nas redes sociais. Analisar o Google Trends para saber o que é tendência de pesquisa nas regiões. Verificar o comportamento das pessoas no seu site, através de ferramentas como Google Analytics e o Hotjar.

Fazer pesquisas online, criar eventos presenciais para entender como as pessoas agem, é super necessário para toda estratégia digital.

Pense em como as pessoas querem interagir com as marcas. Busque saber o que seu público tem interesse. Pense no real objetivo da sua estratégia digital. Entenda de que forma você pode se destacar perante o seu público em relação a todas as outras mensagens que essas pessoas recebem diariamente.

Digital que faz sentido

Na Gatilho, sempre dizemos que digital para ser efetivo, tem que fazer sentido. Por isso, a estratégia digital precisa ser pensada desde sua base até a sua efetivação.

Aqui, construímos estratégia que funciona, conteúdo que impacta e digital que conecta. 


Gostou do conteúdo e quer entender como a Gatilho pode ajudar a sua empresa com estratégia digital que funciona? Então, acione a Gatilho e venha tomar um café com a gente.

Mauricy Pace

Graduado em Publicidade e Propaganda, com especialização em Branding e Mestre em Educação. Professor universitário, analista digital e curioso nas horas vagas.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora