Conteúdo ou Publicidade: o que é mais efetivo?

Conteúdo ou Publicidade: o que é mais efetivo?

Comunicação
27/11/2019

Se você já se fez a pergunta de o que é mais efetivo, conteúdo ou publicidade, seja bem-vindo ao clube!

Muitos empresários têm se questionado se devem seguir com as estratégias antigas ou devem tentar algo novo para divulgar sua empresa e para vender mais.

A resposta não é tão óbvia. Ela demanda conhecimento do que é o Marketing de Conteúdo e a publicidade, o que cada um pode proporcionar e como podem contribuir em seu negócio.

É importante frisar que ambos – Conteúdo ou Publicidade – têm trunfos. Entretanto, cada um tem tempos de retorno diferentes e atuam com métodos distintos. 

Como estamos no fim do ano, esse é o momento ideal para pensar sobre isso. Afinal, é no planejamento do próximo ano que as estratégias de divulgação da empresa, dos produtos e serviços devem ser definidas.

É essencial, portanto, que a empresa conheça um pouco sobre a Publicidade e sobre o Marketing de Conteúdo para traçar um caminho para chegar a seus objetivos. 

Então, em seguida vamos explicar um pouco sobre o Marketing de Conteúdo e sobre a Publicidade para que você consiga entender e tirar suas conclusões.

Alcance

Inegavelmente, a Publicidade atinge muito mais pessoas. Afinal, é uma comunicação de massa. 

É feita, geralmente, em espaços comprados em outdoors, na televisão, no rádio e até mesmo na internet.

Apesar de muita gente ver e ouvir essas peças publicitárias, o percentual de pessoas que poderá adquirir o produto ou serviço é bastante reduzido.

Em geral, a Publicidade leva menor tempo para surtir efeito (quando bem feita, claro). Entretanto seu custo é bastante elevado e, sem investimentos, o alcance simplesmente para. 

Já o Marketing de Conteúdo chega a um público incomparavelmente menor. Feito pela internet, o conteúdo produzido é muito mais focado, atingindo, na maioria, pessoas que poderão se interessar pela aquisição do produto ou serviço.

Assim, pode-se dizer que o número menor de pessoas que veem ou ouvem o conteúdo é compensado pela assertividade. Um público que tem real interesse por aquelas informações as lerá, ouvirá ou assitirá.

Obviamente, esse contato do público com o conteúdo não acontece repentinamente. O Marketing de Conteúdo, portanto, é uma estratégia com retorno de médio a longo prazo.

Características

A Publicidade tem como marca a brusca interrupção do que as pessoas estão lendo, assistindo ou ouvindo para tomar sua atenção.

Embora aconteça por momentos menores, ela se impõe à vontade do possível cliente. 

Não “bate à porta” e nem pergunta qual o desejo da pessoa: simplesmente, avança, como uma avalanche. 

A Publicidade tem pouca possibilidade de filtrar a idade, a profissão, a escolaridade e os interesses de quem irá recebê-la.

Portanto, as informações repassadas podem não ser de interesse de muitas das pessoas que entram em contato com aquela determinada Publicidade.

Por outro lado, o Marketing de Conteúdo gera valor aos possíveis clientes. Seus conteúdos buscam “educar” o mercado, contribuindo com conteúdos importantes e que realmente são de interesse daquele público.

Ao contrário da Publicidade, o Marketing de Conteúdo não interrompe a atenção das pessoas. 

O possível cliente vem até esse material, que, em geral, está em blogs. É facilmente encontrado em motores de busca, redes sociais ou é compartilhado, pois contribui com a resolução de problemas

Isso acontece justamente porque as empresas entregam informações de valor. E isso gera credibilidade.

Como consequência dessa credibilidade, a marca passa a ser reconhecida como autoridade em determinado assunto.

E quem não quer “retribuir” tanto conhecimento? É assim, resumidamente, que o Marketing de Conteúdo conquista seus clientes.

diagnostico-maturidade-digital-gatilho

Promoção ou Engajamento

Cada uma dessas ferramentas tem sua importância e o seu momento para ser utilizada. 

O Conteúdo não será tão efetivo para divulgar uma promoção. Da mesma maneira, a Publicidade não gerará um engajamento do público com a marca.

Contudo, aqui precisamos pontuar algumas questões:

  1. O público vem diminuindo a atenção aos meios de comunicação tradicionais (jornais, revistas, televisão e rádio), onde está a maior parte das peças publicitárias;
  2. Enquanto a Publicidade faz uma segmentação de público superficial (com horário específico na televisão, por exemplo), o Conteúdo chega a quem o procura;
  3. Com a(s) persona(s) definida(s), as empresas podem produzir conteúdo que faça sentido. Já na Publicidade, mesmo sabendo quem é a persona, as peças interrompem aqueles se interessam no produto ou serviço;
  4. É bastante raro alguém virar fã de uma marca por ser impactado por sua publicidade. Enquanto isso, com conteúdo de qualidade, as pessoas se engajam a ponto de distribuírem aquelas informações;
  5. Confiança e empatia podem ser gerados quando o Conteúdo é relevante ao potencial cliente. Com a Publicidade tradicional, é muito improvável, já que geralmente ela tem um caráter comercial;
  6. A mensuração do que dá ou não certo é muito menos custosa e muito mais palpável com Conteúdo no comparativo à Publicidade.

Apesar de Conteúdo e Publicidade terem o mesmo ponto de chegada esperado – a venda – eles seguem caminhos muito diferentes.

Com informação, conhecimento e análise caso a caso, fica mais claro e simplificado tomar uma decisão. Afinal, o investimento precisa ser assertivo para ter retorno – que é o que todo mundo espera!

Isso não quer dizer que não podemos fazer conteúdo com objetivos de vendas ou mesmo publicidade em conteúdo.

Esse foco é ajustado a cada cliente, num planejamento de marca estruturado, entendendo objetivos, metas e o contexto do negócio perante seu público.

Então, conteúdo ou publicidade?

Agora que você já leu um pouco sobre as diferenças e as características de cada uma das duas opções, que tal contar o que achou?

Deixe o seu comentário falando sobre o texto e pense qual a melhor opção para o seu negócio.

Aqui na Gatilho trabalhamos de maneira estratégica com a sua marca, saiba mais sobre como fazemos e o que fazemos.

E se você quer saber mais sobre se tornar autoridade no seu nicho, entre em contato com a Gatilho. Somos especialistas em estratégia e conteúdo digital. 

Juliano Trentin

Cofundador da Gatilho, publicitário, pós-graduado em branding, torcedor da Chape e pai do Vicente.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora