Inbound marketing funciona para todos os produtos e serviços?

Inbound marketing funciona para todos os produtos e serviços?

Marketing Digital
21/08/2019

Qualquer que seja o segmento, quem tem uma empresa certamente já ouviu falar em Inbound Marketing.

Essa estratégia, também chamada de marketing de atração, ganhou popularidade nos últimos anos como uma forma menos invasiva de atrair os consumidores. 

No Inbound, são usadas estratégias diversas para fazer com que os próprios clientes em potencial encontrem a empresa.

Quando em contato com esse público, é possível entender suas dores e necessidades antes de fechar negócio.

E o processo não acaba com a venda: depois ainda tem a fidelização e a análise. 

São as famosas etapas do Inbound Marketing: atrair, converter, vender e fidelizar.

Fazer com que os consumidores certos sejam atraídos sem importuná-los parece uma ideia boa demais para ser verdade, não é?

É por isso que muitas empresas se perguntam: “será que o Inbound Marketing funciona para a minha empresa? Será que é a melhor estratégia para o meu segmento?”.

O Inbound Marketing funciona para todas as empresas?

A resposta para essa pergunta não é tão simples quanto um sim ou não.

O Inbound pode funcionar para a maioria das empresas, mas, para isso, é preciso que seja feito corretamente.

Muitas agências vendem a estratégia como um milagre que exige pouco esforço, mas não é verdade.

Se feita da maneira certa, a metodologia pode render bons frutos, atrair clientes, aumentar vendas e posicionar a empresa como autoridade em seu mercado de atuação.

Mas isso exige trabalho consiste e constante, e os resultados podem demorar um pouco para chegar.

Como o Inbound funciona

Como falamos, o Inbound Marketing consiste em atrair os clientes para o seu negócio. Mas como isso é feito? 

Um dos pilares da metodologia é o Marketing de Conteúdo. Não é só escrever um post de blog ou um ebook e lançar na internet.

Esses materiais precisam estar de acordo com o seu público-alvo, o que também exige que você tenha uma persona bem definida.

Se você não está familiarizado com esses termos, não se assuste. O jargão do Inbound Marketing é mesmo extenso.

Com a metodologia, palavras como leads, SEO, blogposts, marketing de conteúdo e outras foram entrando para o vocabulário das empresas.

Mas, mais importante do que saber todos os conceitos, é entender como a estratégia funciona.

A metodologia do Inbound tem algumas fases: 

  • Atração: aqui você atrai os seus visitantes, gerando tráfego para o seu site, por exemplo
  • Conversão: depois de atraídos, os visitantes deixam um email, telefone ou outra forma de contato, transformando-se nos famosos leads
  • Venda: o lead está maduro o suficiente para comprar seu produto ou serviço, tornando-se cliente
  • Fidelização: o processo não acaba com a venda, é preciso fidelizar esse cliente para que ele compre novamente e indique sua empresa para família e amigos
fases-inbound-marketing-funciona-gatilho

Colocar essa máquina para rodar exige uma série de estratégias e ferramentas que compõem o Inbound, como redes sociais, SEO, landing pages, email marketing.

Como tudo isso é feito online, é possível monitorar e descobrir quais ações estão funcionando melhor.

Daí podemos observar três diferenças entre o Inbound e o marketing tradicional, ou Outbound Marketing: o primeiro é menos intrusivo, focado nos clientes certos e não há tiro no escuro, pois tudo pode ser metrificado, analisado e melhorado.

Como adequar o Inbound às suas necessidades

Para alguns segmentos, o Inbound Marketing cai como uma luva. Pense em um software de gestão de vendas (o CRM), por exemplo.

Apesar de facilitar o trabalho da área de vendas, muitas empresas podem ainda usar planilhas ou outros métodos mais antigos, seja porque não conhecem a ferramenta, seja porque não veem valor nela. 

Esse é um caso de um produto de alto valor agregado, com uma decisão de compra mais longa. O consumidor em potencial precisa ser educado para reconhecer uma dor que muitas vezes nem sabe que possui.

Só então você consegue fazer a oferta com mais probabilidade de fechar negócio. Esse é um exemplo de empresa que certamente precisaria seguir toda as etapas do Inbound.

Mas produtos e serviços mais conhecidos, digamos que uma loja virtual de roupas, por exemplo, não precisam seguir uma trilha tão grande.

É claro que o Inbound Marketing ajuda, pois a estratégia, como dissemos, permite que você se torne autoridade em seu mercado e também que seja encontrado facilmente no Google. 

No entanto, a metodologia poderia ser adaptada para essa realidade, focando, por exemplo, em ações em todas as etapas, sem aguardar o público “amadurecer” antes de partir para a venda.

Podemos concluir, portanto, que o Inbound Marketing funciona para todos os tipos de produtos e serviços, mas depende de uma estratégia personalizada para cada caso.

Não existe receita de bolo. E, para algumas empresas, ele precisa ser complementado com uma estratégia digital mais completa.

diagnostico-maturidade-digital-gatilho

Por onde começar a investir em Inbound Marketing

O primeiro passo para ser bem-sucedido no Inbound é ter um bom planejamento.

Sair fazendo publicações no blog ou nas redes sociais sem pensar em seu público-alvo pode ser um desperdício de tempo. Além disso, o que funciona para outras empresas pode não funcionar para a sua. 

Por isso que é interessante contar com uma agência digital especializada no assunto.

Com essa ajuda profissional, você tem um diagnóstico do que faz mais sentido para sua empresa, constrói um planejamento adequado, executa as ações e recebe a análise dos resultados, não só em termos de Inbound, mas também de estratégias complementares que podem ser necessárias para o seu caso.

Aqui na Gatilho, ajudamos você do planejamento à análise, na definição de uma estratégia, na criação de conteúdos, na construção de uma presença digital e de campanhas nas redes sociais.

Pensamos sua presença digital unindo profissionais de diferentes expertises, conectando seus objetivos ao valor que você entrega por meio de ações digitais.

Entenda mais sobre o que fazemos e como fazemos. E, se quiser bater um papo para entender melhor o nosso trabalho e como podemos ajudar você, acione a Gatilho! Clique aqui para entrar em contato.

Juliano Trentin

Cofundador da Gatilho, publicitário, pós-graduado em branding, torcedor da Chape e pai do Vicente.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora