Redes Sociais
06/08/2019

Instagram Comercial: como gerar negócios através do seu perfil

O Instagram comercial vem transformando e melhorando a forma das empresas conversarem e impactarem os clientes, mas para extrair o máximo dessa plataforma, a Gatilho preparou algumas dicas de como usar essa ferramenta.

Enquetes patrocinadas, fim dos likes, música nos stories, adesivos de conversa, realidade aumentada sendo testada e a mais recente novidade: o Instagram liberou o agendamento de posts do feed e IGTV direto da fonte, sem necessidade de um software.

Instagram comercial e alguns dados

O crescimento desenfreado de ferramentas de conversação, interação e compartilhamento na plataforma nativa no Instagram tem criado usuários cada vez mais conectados, informados e atentos. 

É dentro do universo de 3,2 bilhões de usuários ativos, segundo a Emarsys, que o Marketing Digital torna-se ainda mais estratégico e decisivo na hora de posicionar a sua marca.

É impossível ignorar que as pessoas gastam, em média, 2h22 por dia em mídias sociais (Global Webindex). Além disso, 54% usam as mídias sociais para pesquisar produtos. 

Outro dado interessante da Forbes é que 71% dos consumidores que tiveram uma boa experiência com a marca nas mídias sociais, recomendaram para alguém. Percebe? Atenção, interação e conversão são as ‘palavras-chave’ e a moeda do futuro de qualquer negócio. 

É inegável que o seu negócio precisa estar em todas as mídias sociais que têm prendido a atenção das pessoas. Mas no post de hoje, falo especificamente sobre o Instagram Comercial – que já atingiu 1 bilhão de usuários ativos – e como você pode utilizar todos os recursos da plataforma para não se tornar só mais um. 

Fazendo o feijão com arroz

O ponto de partida da sua conta comercial do Instagram é ajustá-la de acordo com as regras básicas de otimização e buscas do seu perfil. 

1. Seja apresentável:

O espaço da bio é metade do seu pitch de vendas. Ali está a primeira apresentação do seu negócio. Por isso é tão importante que você a utilize de forma apresentável, inteligente e estratégica. 

Ela precisa ter componentes essenciais para se tornar relevante perante o ‘scanner’ do Instagram e entregar seu conteúdo de maneira mais otimizada.

Coloque o nome da sua empresa e ramo de atuação. Por exemplo: Gatilho | Agência Digital. A mesma regra vale caso você tenha um perfil comercial para vender consultorias, por exemplo: Marcos André | Especialista em Branding. 

Utilize os espaços de forma otimizada para que o usuário entenda o que você vende e como pode conversar com você caso se interesse pelo seu produto/serviço. 

Gatilho Agencia Digital 1

2. Use agregadores de links:

Aqui é onde você entrega o Call To Action (chamada para ação) ao usuário. Os agregadores são links clicáveis e você pode configurar, de graça, todos os canais de contato que quiser. Exemplo: Facebook, WhatsApp, site, Youtube, etc.

Os gratuitos possuem layouts mais simples, já nos pagos você pode personalizar com a cara do seu negócio.

Os que testei e mais gostei foram: Linktr.ee; Linkme.bio; Add.bio e Linkto.bio. Eles geram um link de apresentação que você pode encurtar para personalizar sua bio. 

instagram-comercial-como-gerar-negocios-atraves-perfil-gatilho-agregador

3. Uso de Hashtags:

O uso de hashtags é um comportamento sempre rodeado de dúvidas e achismos. Há os que usam as 30 que o Instagram libera na legenda, outros enchem de hashtags no primeiro comentário e há, ainda, os que fazem das duas formas. Está errado? Sim. 

Pratique o benchmarking: utilize na bio duas ou três hashtags que você queira ranquear no seu próprio segmento.

Na legenda, use de 3 a 5: uma do segmento, outra do seu produto, outra regional e outra da sua marca já são suficientes para o Instagram melhorar o desempenho do seu feed. Stories com hashtags também performam melhor dos que não as possuem. 

instagram-comercial-como-gerar-negocios-atraves-perfil-gatilho-hashtags

#dica extra: faça uma lista de hashtags com buscas médias. Nem tão alta, nem tão baixa. E nunca use sempre as mesmas, exceto as suas, obviamente. 

Atenção aos dados do seu público

Outra dúvida bastante recorrente é quanto aos melhores dias e horários de engajamento no Instagram. Não existe mágica no Marketing Digital. Tudo é teste e aprendizado.

Nas contas do Instagram comercial, a ferramenta faz a entrega todas as informações do comportamento da sua audiência. 

Então, a dica é: preste atenção aos dados. Evite seguir uma regra, você está conversando com pessoas e pessoas têm comportamentos subjetivos.

Ou seja: o que pode dar muito certo numa semana, daqui a um mês, se você seguir a mesma regra, pode não funcionar, já que seu público pode se comportar de outro jeito.

Monitore, aprenda e escute a assiduidade do seu público.

Um, dois ou três posts por dia?

Se você é daqueles que acredita que postar de manhã, à tarde e à noite é o que vai trazer melhor engajamento aos seus conteúdos, você está redondamente errado. 

Algoritmo é questão de circunstância. Produza conteúdo de qualidade e entregue relevância ao seu público. Publique conteúdos dia sim, dia não. O post do dia ‘sim’ vai ganhar likes no dia ‘não’. 

Instigue as pessoas pensarem: se o conteúdo é bom, imagina o serviço. Para isso, o ideal é que você produza numa velocidade que dê tempo de as pessoas receberem o seu conteúdo.

Publicações com menor espaço de entrega normalmente têm menor interação das que permanecem um período maior. 

#dica extra: crie grupos de engajamento. O Instagram comercial replica o conteúdo quando ele tem um engajamento alto na primeira meia hora. Mas lembre-se: esse é só um ‘empurrãozinho’. O que vai dar o hack no seu negócio é aquilo que vai vender seu produto/serviço. 

Stories: o rei da cocada 

O Instagram Stories saltou de 150 milhões de usuários por dia em 2017 para 500 milhões em 2019, segundo o Statista.

Então, se você ainda não é um publicador assíduo de stories no seu perfil, sinto muito, você está perdendo relevância. Isso porque o Instagram entende que perfis com publicações em stories têm comportamento humano. 

Logo, a taxa de relevância e entrega das suas publicações sempre será maior. Esse é o canal aberto de conversão do seu público, quanto mais você gerar interação, mais valioso seu perfil vai ser para o Instagram comercial. Por isso, faça enquetes, perguntas e gere conversação. 

Procure pensar de que forma o público que segue você vai responder suas perguntas. Assim, você gera engajamento e faz com que seu público se torne seu ‘amigo’ mesmo sem conhecer você pessoalmente, porque você cativou emocionalmente o cérebro dele com seu conteúdo. Com isso, o seu esforço de venda será zero. 

Gerar valor é o mesmo que vender sempre 

É exatamente isso que você precisa compreender: audiência engajada tende a comprar de quem já conhece. Ainda mais se você já tiver gerado valor para ela em algum momento. 

O estreitamento das relações entre marcas e usuários faz com que negócios contem histórias através de seus produtos e, consequentemente, gerem mais vendas qualificadas.

Mas como é que se contam histórias através de produtos? É justamente essa a maior expertise da Gatilho: emular o comportamento humano, desenvolver um planejamento de conteúdo que instigue, converse e responda dores das pessoas. 

Imagine que você venda espremedor de laranja, como é que você vai despertar a atenção das pessoas para o seu produto? Alimentando todas as etapas do funil de vendas. 

Faça fotos da colheita da laranja, fale dos benefícios da laranja à saúde, sugira um copo de suco de laranja todos os dias, pergunte às pessoas porque elas não tomam suco de laranja e, por fim, entregue a elas a oportunidade de poder ingerir vitaminas tão essenciais à vida num passo simples: usando o seu espremedor de laranja.

A grande sacada está em fazer com que seu negócio esteja presente na vida das pessoas, faça sentido, gere valor e não foque só em vendas. Se você quer entender melhor como a Gatilho trabalha essa estratégia, converse com a gente!

Juliano Trentin

Cofundador da Gatilho, publicitário, pós-graduado em branding, torcedor da Chape e pai do Vicente.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora