Marketing Digital
24/03/2021

Marketing digital: estratégias que podem melhorar seu desempenho na web

Os mitos envolvendo o marketing digital estão presentes diariamente na execução de estratégias pelos profissionais desse segmento, empresas que desconhecem as diferenças e até mesmo consumidores. 

A dificuldade em compreender estratégias que ajudam a compor o marketing digital pode ser observada em diversas situações, como quando ouvimos alguém dizendo que marketing digital se resume a redes sociais.

É nesse ponto que surge também a dificuldade em melhorar o desempenho na web. Afinal, sem entender o processo e o que o compõe, o sucesso das ações é improvável. O marketing digital não é uma fase que vai passar, mas sim, uma forma de tornar sua empresa relevante e ganhar visibilidade.

Neste conteúdo vamos falar sobre estratégias que podem ser utilizadas para esse formato, com o objetivo de melhorar o seu desempenho na web.

Ah! Vale lembrar que essa é a forma Gatilho de fazer marketing digital, e não uma fórmula mágica ou receita que precisa ser seguida à risca. Ela ajuda a nortear os processos, mas nada impede de ser adaptada para o formato ou necessidade do seu negócio. Vamos lá? 

Redes sociais e sua participação no marketing digital

Entre as ferramentas, canais e estratégias utilizadas no marketing digital, estão as redes sociais, que muitos acreditam ser o marketing digital em si. Antes de falarmos sobre sua parcela dentro do marketing digital, precisamos comentar sobre o motivo pelo qual não são somente elas que formam esse segmento. 

Imagine que você é proprietário de uma empresa,  e a única presença digital da sua marca é por meio das redes sociais.  Em determinado momento,  as redes que conhecemos hoje deixam de existir, ou então, são substituídas por outras plataformas, e usuários que estavam ali migram. 

Nessa situação hipotética, todo o trabalho de marketing da sua empresa, que estava ligado exclusivamente às redes sociais, será perdido.

O conteúdo que roda nas redes sociais depende de algoritmos. Eles são responsáveis pelas métricas entregues para que você possa estabelecer estratégias a partir delas, assim como identificar as pessoas que serão impactadas pela sua campanha. 

Esses algoritmos estão sob controle da plataforma e não da sua empresa. Expandir a sua estratégia para outros canais digitais, além de gerar maior interação, conversão e alcance, traz segurança e precisão aos dados coletados.

Leia o artigo 5 mitos do marketing digital.

Estratégias para redes sociais 

Pesquisa realizada pela Hootsuite e We Are Social, em 2019, The Global State of Digital, revelou que cerca de 3,5 bilhões de pessoas estão conectadas a redes sociais. O número representa 45% da população mundial. Somente no Brasil são 140 milhões de usuários de redes sociais, com média diária de uso superior a três horas.

A importância de estar presente digitalmente começa aqui: o número de pessoas (e consequentemente consumidores) ativas diariamente, compartilhando opiniões, gostos, tendências, e acompanhando produtos e serviços que despertam seu interesse.

Que está se tornando cada vez mais necessário estar digitalmente ativo não é novidade, mas, quais as formas de me tornar relevante em canais onde a concorrência é maior e acirrada? Como me manter competitivo? Quais as formas de melhorar meu desempenho e me destacar na web? 

GAT pod Banner p post blog 03

Conteúdo

Antes de compartilhar conteúdos nas suas redes, é importante realizar as etapas de planejamento e traçar estratégias que façam sentido, tanto para o canal no qual serão compartilhadas, quanto para o público que você pretende atingir.

Interações

As interações nas redes sociais são o que aproximam sua marca do seu público. Elas contribuem para as métricas que ajudarão a nortear as suas ações, como engajamento, e são um ponto importante para atingir resultados.

As mídias sociais trouxeram o público para um clique de distância, e essa interação dinâmica, rápida e descomplicada mudou a relação entre marca e consumidor.

Para exemplificar a importância das interações, imagine que sua marca possui 30 mil seguidores, porém, sua interação, ou seja, o relacionamento da sua marca com seu público, se restringe a 500 pessoas.

Em outro cenário, o número de seguidores na rede social do seu negócio é de 2.500 usuários, sua interação é com 1.000, e a conversão é de 500. Qual das duas situações é melhor para o desempenho da sua empresa?

Estar consciente de que as interações são importantes para esse desempenho, e que criar relacionamento com seus consumidores muda a forma como a sua marca é vista, reafirmando seu posicionamento, é extremamente importante para melhorar seus resultados nas mídias sociais.

Criar conteúdos que permitam participação dos seguidores é uma forma de aumentar as interações nas suas redes, além de colaborar com a identificação do público que acompanha seus conteúdos e orientar suas ações de comunicação.

Conversões

Criei conteúdos, consegui interações, alcancei um bom engajamento, e agora? Como eu faço para converter esses leads? As etapas de funil de vendas podem e devem ser aplicadas nas estratégias de mídias sociais. 

Chamamos de leads as pessoas que demonstraram interesse em adquirir seu produto ou serviço, portanto, são potenciais clientes. O interesse é expresso através do preenchimento de formulários online, por exemplo. Após a demonstração de interesse você realiza a qualificação de leads, através de ofertas para efetivar a venda.

O funil de vendas é um modelo que ajuda a identificar a trajetória de um usuário, passando por todas as etapas da jornada de compra: conscientização, descoberta, avaliação, intenção, compra e lealdade. 

No topo do funil, o objetivo é atrair consumidores que ainda não se relacionam com a sua marca. Os conteúdos para essa etapa podem ser entregues tanto em posts nas redes sociais quanto em blog, webinar ou vídeos. Deve-se pensar muito bem nas palavras-chave que serão utilizadas para otimizar a campanha.

No meio de funil, a intenção é que o usuário ou potencial cliente avance no processo comercial. Nessa etapa o objetivo é converter, e, para isso, podemos utilizar landing pages, ebooks, podcasts e formulários para contato.

No meio de funil encontramos os visitantes, ou seja, pessoas que foram impactadas pela primeira ação e entraram em contato com seu produto ou serviço. Nessa etapa ocorre também a conversão de visitantes em leads, e o objetivo passa a ser o de fechar negócio.

No fundo de funil é onde os leads se transformam em clientes. O objetivo é fidelizar, encantar. Nesse momento, conteúdos envolvendo cases de clientes, depoimentos e reviews de produtos podem contribuir para o sucesso da ação.

Em cada uma dessas etapas, o interesse do potencial consumidor muda, assim como as informações que ele busca. As mídias sociais são uma excelente ferramenta para todas as etapas do funil de vendas, porém, a comunicação precisa ser muito bem estruturada para fazer sentido.

Estratégia de tráfego orgânico

Tráfego é toda visita que você recebe nos seus canais digitais, e denomina-se orgânico o número de visitas através de pesquisa em buscadores. Ou seja, que não tenham vindo por meio de anúncio.

A diferença, e até mesmo a vantagem entre o tráfego orgânico e o pago, é que, de forma orgânica, os visitantes podem chegar aos seus canais a qualquer momento, e não somente quando anúncios estiverem no ar. 

O tráfego orgânico gera visitas por relevância, pois seus conteúdos estão bem ranqueados nos motores de busca, como o Google. Isso ocorre por causa do Search Engine Optimization (SEO), ou otimização para mecanismos de busca.

O SEO é um conjunto de técnicas para auxiliar no ranqueamento dos seus canais digitais. Ele contribui para que seu conteúdo esteja melhor posicionado nos buscadores através da otimização dos conteúdos, mas leva tempo e requer um pouco mais de atenção.

Potencializar seu posicionamento é uma maneira extremamente eficiente de otimizar o tráfego orgânico do seu site ou de outros canais digitais.

Motores de busca

Motores de busca são as ferramentas que utilizamos para pesquisa, como Google, Bing e Yahoo!, e são fundamentais para o rankeamento do seu site. Nesse ponto, as palavras-chave são indispensáveis e estão conectadas também ao SEO.

Palavras-chave são o principal instrumento de pesquisa, ou seja, os termos utilizados no momento de fazer uma busca, ou ‘dar um Google’, e devem ser pensadas como direcionamento, não somente na criação de conteúdos, mas das plataformas em si, como sites.

As respostas para pesquisas realizadas em motores de busca como o Google são classificadas através de um leilão dos termos de busca utilizados. O leilão define a ordem em que os anúncios irão aparecer e o valor gasto pelo anunciante a cada clique.

Uma estratégia pouco explorada na definição de palavras-chave é identificar termos ‘secundários’, que não estejam entre os mais disputados, pois o valor por clique nesses casos aumenta e fica difícil concorrer por ele. É válido pensar em palavras que remetam ao seu segmento e que atendam também a necessidade do usuário. 

Estratégia de conteúdo: blog

Criar conteúdos para blog ajuda no tráfego orgânico e ranqueamento do seu site, além de entregar ao seu público materiais relevantes e agregar valor ao relacionamento criado.

Uma pesquisa realizada pela Rock Content, em 2018, a Content Trends 2018, apontou que posts em blogs são a segunda estratégia mais utilizada pelas empresas, com 70,5% de adesão.

Entregar conteúdos de blog aos seus seguidores ajuda não somente no relacionamento que é estabelecido entre as partes, mas, também, na divulgação e visibilidade da sua marca, além de contribuir para o ranqueamento do seu site nos motores de busca através do SEO.

Melhorar seu desempenho na web é um processo que demanda tempo e atenção. Marketing digital vai muito além de posts nas redes sociais, utilização de hashtags e impulsionamento de campanhas.

Ele é composto de estratégias e ações direcionadas a ferramentas, com o objetivo de gerar resultados. 

Para que seu negócio ganhe espaço e transmita a essência da sua marca,  são necessárias ações para torná-lo relevante e memorável. O marketing digital, quando bem utilizado, é um grande aliado e já provou ser uma fase que não vai passar, portanto, vale a pena olhar para ele com carinho.

Precisa de ajuda nesse processo? Acione a Gatilho. Mergulhamos no seu negócio para criar estratégias e ações.

Helen Cristhiny

Publicitária, aquariana, mãe de doguinho. Movida a café e música.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora