O que são as hashtags e por que devo usar?

O que são as hashtags e por que devo usar?

Conteúdo
27/11/2020

As hashtags se tornaram tão populares no contexto das redes sociais que muitas pessoas, principalmente as mais jovens, nem sabem que o nome do caractere usado para simbolizá-las (#) é, na verdade, cerquilha.

Nos últimos anos, esse recurso tem sido cada vez mais adotado por usuários de plataformas como Instagram, Twitter e LinkedIn. Mas você sabia que as hashtags podem ser também uma ferramenta poderosa para a sua estratégia de social media?

Pois é, usando as hashtags certas você consegue aumentar o alcance dos seus posts e chegar até as pessoas certas.

Quer saber mais sobre o que são hashtags, por que e como usá-las em diferentes redes sociais? Então continue a leitura do artigo!

O que são hashtags?

Primeiro, vamos ao conceito. De acordo com o dicionário de língua inglesa Oxford, no qual o termo foi incluído em 2014, “uma palavra ou frase precedida por um sinal de cerquilha (#), usada em sites e aplicativos de mídia social, especialmente no Twitter, para identificar conteúdo digital sobre um tópico específico”.

Ao incluir hashtags nas publicações, elas viram links, que ao serem clicados levam para uma página que agrupa posts sobre o mesmo tema, nos quais foi inserida a mesma hashtag. 

Seu uso começou em redes sociais como o Twitter, nos anos 2000. No microblog, entrou em vigor em 2009, sendo depois adotada pelo Instagram (2011) e pelo Facebook (2013). Hoje, o recurso também está disponível em outros sites, como LinkedIn e YouTube.

Por que usar hashtags?

Desde sua criação, o uso de hashtags só cresceu. Se você está se perguntando “por que usar?”, pense nelas como uma forma de conectar seus conteúdos de redes sociais a um tópico específico, ganhando visibilidade e participando da conversa.

As hashtags também são úteis para os usuários, que conseguem descobrir publicações sobre esses assuntos específicos mais facilmente, já que as redes sociais, como dissemos, agregam os conteúdos que contenham uma mesma tag. 

Além disso, você também ajuda os usuários a encontrarem o seu negócio. No Instagram, por exemplo, dá para seguir pessoas e empresas, mas também hashtags. Assim, se alguém segue a hashtag #MarketingDigital e você a adicionar a um post, sua publicação aparecerá no feed dessa pessoa, ainda que ela não siga a sua conta. Pode ser uma maneira de ganhar novos seguidores!

Ao criar uma hashtag para a sua marca em específico, você também consegue promover seu negócio e direcionar as conversas. Sua empresa também pode engajar em discussões sociais, mostrando propósito e posicionamento — algo que é, aliás, cada vez mais cobrado pelos consumidores.

Além do #tbt: como usar as hashtags na sua estratégia nas redes sociais?

1. Conheça o básico

Antes de ir além e procurar as hashtags que fazem mais sentido para o seu negócio, é preciso entender o básico sobre esse recurso.

  • As hashtags começam sempre com o símbolo #. Se você usar espaços entre o símbolo e as palavras, no entanto, não vai funcionar. É preciso escrever tudo junto, sem usar pontuação ou caracteres especiais;
  • Não escreva muitas palavras juntas, o que dificulta a leitura. Além disso, hashtags mais curtas são mais fáceis de lembrar. Se a hashtag tiver mais de um termo, o melhor é iniciar as palavras por maiúsculas. Por exemplo, em vez de #agênciagatilho, prefira #AgênciaGatilho;
  • Evite hashtags em excesso. Posts com dezenas de hashtags podem parecer SPAM e repelir os usuários (falaremos sobre a quantidade adequada para cada rede mais adiante).
  • Cuidado para incluir hashtags somente nas palavras relevantes ou, então, ao final do post. Além de ser pouco efetivo, fica ruim #ler um texto #dessa maneira, concorda?

2. Procure hashtags que fazem sentido para a sua empresa

Há diversas maneiras de encontrar hashtags adequadas para o seu negócio. Uma delas é monitorando concorrentes. Nos perfis deles, procure hashtags que fazem sentido para o seu nicho de mercado. 

Se você já tem uma ideia de quais são, pode procurar tags relacionadas nas buscas das redes sociais. O Instagram, por exemplo, mostra sugestões quando você pesquisa por uma hashtag no aplicativo.

Outras boas ferramentas são o Hashtagify.me, que mostra a popularidade de cada tag, além de outras estatísticas. 

3. Cuidado com hashtags muito populares

A hashtag #love é a mais usada do Instagram. Até novembro de 2020, ela tinha sido incluída em 1,8 bilhão de posts. Sendo assim, deve ser uma boa incluí-la nas minhas publicações, certo?

Não é tão simples assim. As hashtags mais populares não são necessariamente as melhores. O usuário que visita a página da hashtag #love provavelmente tem pouco a ver com a sua empresa, além de esse termo, “amor”, agregar pouco, a menos que se trate de um post que fala realmente sobre o assunto.

Isso não quer dizer que sua empresa não possa aproveitar hashtags populares. O famoso #tbt, em que se publica fotos antigas, pode ser uma boa maneira de participar de uma conversa maior nas redes sociais. Outro exemplo foi o #10YearChallenge. O desafio viralizou nas redes sociais e diversas empresas, como o Magazine Luiza, aproveitaram a brincadeira.

yEqVG8WyvzoipWJEwCYyKQ5aRsddmJ32HtwE h3dE ptAtB5Pawn3eXhbvTJx3hb0I5Yj3xDEOftSl 5eEsC3nMEldYLqi9jH18IzTwj4TZqCCaN5tbsw OhMLL4gLji2LCFK1 M

De forma resumida, não inclua uma hashtag nos seus posts só porque ela é popular. O melhor é avaliar se ela tem relação com o post e com a empresa antes.

4. Cuidado com as especificidades de cada rede social

O uso da hashtag não é o mesmo em todas as redes sociais. Há algumas especificidades a observar em cada uma delas:

  • Twitter: como o espaço é pequeno, o ideal é usar uma ou duas hashtags nessa rede social. Elas podem ser utilizadas em qualquer lugar do tuíte, no início, meio ou final. Uma dica é olhar as hashtags populares nos Trending Topics para encontrar sugestões;
  • Instagram: use-as no final da legenda das fotos, nos comentários ou na bio da empresa. Para procurar sugestões, veja a aba Explorar da rede social. A quantidade pode ser maior que no Twitter, sendo recomendado algo entre 5 e 10 tags.
  • LinkedIn: podem ser usadas em artigos ou em publicações. É possível pesquisar hashtags na busca, assim como ver sugestões ao digitar # enquanto escreve uma publicação. Utilize uma ou duas e lembre-se de usá-las de maneira profissional, já que essa é uma rede social voltada para contatos no mundo corporativo. 

Gostou dessas dicas sobre hashtags? Continue lendo nosso blog para outros artigos sobre redes sociais e marketing digital!

Mauricy Pace

Graduado em Publicidade e Propaganda, com especialização em Branding e Mestre em Educação. Professor universitário, analista digital e curioso nas horas vagas.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora