Qual é a história que a sua marca conta?

Qual é a história que a sua marca conta?

Branding
15/10/2018

Amigo leitor, a história que a sua marca conta é capaz de gerar conexão emocional com o público e identificação. Aposto que você tem uma lembrança muito forte em sua mente da sua infância, mesmo que você não lembre nesse instante, se parar para pensar por um minuto, vai lembrar de algo que foi marcante na sua vida.

Lembranças constroem um enredo de experiências positivas e negativas em nossas vidas e desenvolvemos nossos gostos e opiniões baseados nelas. Se você forçar a mente para lembrar de uma experiência da sua infância, pode ter certeza que alguma marca vai estar relacionada direta ou indiretamente a ela. O café da manhã (Nescafé) no dia chuvoso na casa da sua avó? Futebol descalço na rua, com as traves feitas de chinelo (Havaianas)?

As marcas deixam lembranças na mente dos consumidores. Todo contato e atendimento é uma preciosa oportunidade de construir uma experiência marcante para o cliente, negativa ou positiva. E se essa experiência com sua marca resolver o problema de um cliente… pode ter certeza que um espaço na mente do consumidor você já conquistou.

No atual momento em que vivemos, encontrar várias empresas que resolvem um mesmo problema ou vendem a mesma solução é muito fácil, basta ‘dar um Google’. Com a mudança do comportamento de consumo que a internet nos ofereceu, permitindo que o cliente busque no YouTube mais informações sobre o produto antes de comprá-lo, as marcas que se mantêm em pé, brigando pelo seu espaço no mercado, são as que constroem motivos que vão além do preço do seu produto.

Nesse cenário, os consumidores estão buscando muito mais que uma solução e produtos, estão buscando experiências, e elas acontecem na primeira abordagem comercial, no e-mail respondendo uma dúvida através do suporte, na causa que a marca apoia e está totalmente ligada com seu público, e – o mais básico – ao atender uma necessidade. Essas experiências precisam fazer parte da história que a sua marca conta, precisam fazer sentido dentro de um cenário.

história que a sua marca conta precisa ser construída de dentro pra fora, começando por você e se propagando pelos colaboradores, parceiros e fornecedores até chegar em seus clientes. Não adianta fazer post de Facebook apoiando o outubro rosa e não incentivar suas colaboradoras a tirarem um dia nesse período para cuidar de assuntos ligados ao tema. Levantar bandeiras é muito fácil. Difícil é continuar tremulando-as de forma consistente.

No meu ponto de vista, marca é muito mais que o logotipo na fachada da empresa. Ela é o significado e o todo do seu negócio; se bem trabalhada e gerida, é o ativo mais valioso que uma organização pode ter. Para construir/contar uma história com a sua marca, primeiro ajude seus clientes, depois, tenha uma essência e seja verdadeira.

Nos próximos posts vou falar mais sobre como se encontra essa essência de marca e como um DNA bem definido pode tornar sua organização mais produtiva e fazê-la alcançar resultados mais efetivos.

E aí, conte-nos como você conduz sua organização ou qual sua estratégia para construir a história da sua empresa.

Juliano Trentin

Co-fundador da Gatilho, publicitário, pós-graduado em branding, torcedor da Chape e pai do Vicente.

Voltar aos posts

como está seu negócio no ambiente digital?

teste agora